Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

31
Jul17

Conversas #7

## Viagem ao tempo dos Backstreet Boys ##

 

Eu: Qual era a coisa que mais odiavas quando eras miúdo?

Ele: Que fosse ao café e tivessem Lays em vez de Ruffles. 

 

## Ainda no passeio pela memory lane ##

 

Colegas: Por que é que comes sempre dois pacotes de batatas fritas? 

Ele (do alto do seu 1.86m aos 12 anos): Por que é que tens 1 metro e cinquenta?

 

(Ele quando era miúdo não conseguia escolher entre Ruffles de presunto e 3D, então comia os dois)

 

29
Jul17

O Porto é mais "cool" do que Lisboa?

A CNN fez uma reportagem onde compara as cidades do Porto e Lisboa e chegou à conclusão que o Porto é mais fixe que Lisboa. (Podem ler o resumo em Portugûes aqui).

Eu já visitei Lisboa várias vezes e adoro. Colorida, espaçosa, com o belo Castelo de São Jorge a vigiar as sete colinas, as vistas lindas do Tejo, a frescura do parque de Monsanto e, claro, os deliciosos pastéis de belém. 

 

No entanto, nascida e criada no Porto, acho que Porto tem um encanto que nenhuma outra cidade do mundo consegue igualar. Adoro parar no cais de Gaia e observar as cores da Ribeira, mas ainda gosto mais de passear pela Foz de lenço ao pescoço, parar na Praia da Luz para um chá e apenas observar o mar imenso, a praia rústica cheia de rochas. Adoro os restaurantes de sushi que há espalhados pela cidade, mas especialmente o Medit no Foco que nunca me desiludiu ou o Novo Molhe que me deixou fã pela qualidade e pela vista sem me deixar a contar tostões.

 

 

Gosto de sentir o frio na cara a descer Santa Catarina, ouvindo a música de Natal e vendo o frenesim de pessoas à procura do presente ideal, os scones do Majestic, os baldes do Piolho, as areias da Pastelaria Ribeiro na praça dos Leões. Viver o Porto é sorrir ao pensar nas memórias da infância, mas também na beleza que o presente trouxe. É ver a zona dos Clérigos toda renovada, é sentir as ruas cheias de turistas e sentir-se orgulhoso de ser tripeiro. Vêem-se os botecos da moda a abrir Ribeira abaixo, mas conservam os azulejos pintados e o granito escuro. Renovam-se ruas, fazem-se eventos, mas ficam meia dúzia de ilhas velhas e os pescadores de anzol de Miragaia a manter o carisma da cidade.

 

Felicidade é ver o Douro a aproximar-se da janela do avião, é ver o Porto festejar na Alameda das Antas e chorar de emoção.

 

Porto é Porto, é Matosinhos, é Maia, Rio Tinto e até um bocadinho de Gaia. O Porto é Norte, é raça dura, corpo de ferro, coração de mel. 

 

Mais do que cool, o Porto é forte e a força nunca passa de moda. 

 

 

28
Jul17

Follow Friday: E se eu pedir com jeitinho?

Bem-vindos a esta minha primeira vez a participar no Follow Friday!

 

Descobri o blog "E se eu pedir com jeitinho?" ontem numa das minhas pesquisas aleatórias e confesso que foi um doce encontro. 

Gostei das cores e das fotos, adorei o header e a escrita flui tão bem que li um rol de posts seguidos, qual blog stalker. (Se não fosse pro-Benfica era perfeito! )

 

Eu já sigo, e vocês? 

 

26
Jul17

Cinco Minutos de Ciência #3

No seguimento desta notícia sobre uma criança que está praticamente curada do vírus da SIDA (HIV), trago-vos mais 5 minutos de ciência. 

Mas, antes de começar quero relembrar que:

A SIDA não afeta só os homossexuais e os toxicodependentes.

 

HIV.png

 

 

Voltando à noticia, a criança foi infetada à nascença (algo muito comum quando a mãe é seropositiva, infelizmente) e recebeu um grandioso cocktail de tratamento como parte de um estudo clínico. Este tratamento durou 40 semanas e, desde então, não voltou a receber qualquer medicamento. Contrariamente aos restantes participantes do estudo, a criança tem-se mantido sem sintomas e sem sinais de vírus no sangue, o que traz muitas esperanças e um grande MAS. 

 

Mas o quê? Encontraram a cura! 

 

Não necessariamente. Aliás, não provavelmente. 

 

Há pelo menos mais dois relatos de pessoas que se curaram de uma infeção de HIV depois de um tratamento experimental e nenhum desses tratamentos se verificou eficaz para a maioria.

Porquê?

Porque, para já, o tratamento do HIV baseia-se no controlo da doença e não na remissão completa.

E porquê, perguntam vocês de novo?

Porque o HIV é um vírus com elevada frequência de mutações, cujo DNA se integra no nosso próprio genoma e, como tal, passa super despercebido, podendo sobreviver anos a fio sossegadinho, sem se manifestar. Por isso, para além de ser difícil detetar as células em que o vírus se integrou, erradicá-las traz graves consequências de imunossupressão. (O que é irónico porque imunossupressao é a base da SIDA e inevitavelmente das doenças oportunistas que levam à morbidade e morte dos pacientes). 

 

Por isso apesar de serem excelentes notícias para este anjinho sul-africano, o trabalho tem de continuar a focar-se na PREVENÇÃO e no tratamento prolongado de forma a continuarmos a fazer progressos para um mundo livre de HIV.

22
Jul17

Sem ideias.

Esta semana li que o mundo dos blogs anda quietinho.

Eu por cá estou a lutar contra isso, mas a verdade é que anda difícil. Normalmente tenho vários posts ou ideias nos rascunhos, mas esta semana consegui deixá-la limpinha porque estou sem ideias, sem inspiração e sem vontade. 

Há dias assim. O pior é quando são seguidos. 

 

Eu acho que preciso de férias para limpar a cabeça, renovar a inspiração e a organização. Mas a minha lista de afazeres é tão extensa que ir só a ideia de ir de férias já me enerva o coração.

 

download.jpeg

 

20
Jul17

Conversas #6

Eu (por email): Podem por favor juntar a minha conta de estudante a conta de staff?

Departamento de informática (por email, 2 dias depois): Não. Tem de ter uma razão específica para isso. 

 

... Eu a arrastar o meu rabiote até ao Departamento de Informática ...

 

Eu (depois de explicar toda a situação acima): Podem por favor juntar a minha conta de estudante a conta de staff, conforme fizeram a todas as minhas colegas nos últimos 2 anos? 

Departamento de informática: Não. Tem que fazer o pedido por email e dar uma razão. 

Eu: A razão é que continuo a trabalhar no mesmo sitio, na mesma coisa, e não quero dois emails diferentes. 

Departamento de informática: Isso não é uma razão. 

Eu: Então que tipo de razões estão a procura?

Departamento de informática: Não sei, devem ser as suas razões específicas. 

Eu: Mas eu acabei de lhas dizer. 

Departamento de informática: Pois, mas tem que ser por email. 

 

... Eu a arrastar o meu rabiote de volta sem resolver nada ...

 

Slide1.jpg 

 

19
Jul17

10 Razões que fazem da Costa Rica um país magnífico

Hoje vamos dar um salto imaginário à Costa Rica a ver se vos adoço o bico para visitarem o país mais feliz do mundo (de acordo com o Happy Planet Index).

 

 

costa-rica.jpg

 

  1. É o país mais feliz do mundo. 
  2. Não tem exército ( É verdade, desde 1949 que a Costa Rica aboliu o exército! Querem saber doutros exemplos?)
  3. Está entre os 40 países mais literados do mundo (97.8% da população sabe ler e escrever)!
  4. O Governo comprometeu-se (e está no bom caminho) para ter uma pegada de carbono neutra até 2021!
  5. Bom dia diz-se “Pura vida”! Digam lá que não é incrível? (e sem tradução necessária!)
  6. Tem uma quantidade incontável de espécies de plantas e animais absolutamente lindos. (Quem quer ver tartarugas gigantes a pôr ovos na praia ou flores de mil cores??)
  7. Tem 52 espécies de beija-flores! Whaaaaaat?
  8. O café é maravilhoso. 
  9. As praias são espetaculares. E os doze vulcões. E os rios onde se pode fazer rafting mesmo à séria. E as várias cascatas lindas que podemos encontrar em passeios pela floresta. 
  10. 25% da área do país é zona de selva protegida. 
  11. Gallo Pinto. (Vão ao google ver o que é. É bom.)

 Ups, esqueci-me que eram só 10.

 

 

17
Jul17

Conversas #5

Eu: Quando tivermos filhos temos que fazer a "parede dos desenhos" onde vamos afixar os nossos desenhos.

Ele: Para ganhares às crianças ?

Eu: Claro! *

 

 

* Mentira, é para elas terem orgulho nos trabalhos e fazerem com vontade e dedicação.

 

 

Orcas.jpg

 

 

15
Jul17

Quase quase.

Faltam poucas semanas para a lua-de-mel em Dubrovnik.

Vamos 7 dias e para já temos apenas reservada uma viagem de um dia à Bósnia para ver Mostar e as cataratas de Kravice. Depois, quando chegarmos lá queremos também fazer um (ou dois) mergulhos em águas abertas e provavelmente não vamos resistir a alugar uns Kayaks para explorar aquele marzão.

 

Tínhamos pensado ir visitar a costa de Montenegro, mas a preguiça para já está a falar mais alto.

 

Têm sugestões sobre restaurants e opiniões sobre outras visitas?

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D