Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

24
Jun17

Flashtrip to Oslo - Parte 1

O Ti e eu estivemos em Oslo no último fim-de-semana de Agosto do ano passado. Como optámos por não ter férias no Verão, achámos por bem aproveitar o fim-de-semana prolongado e dar um salto à Noruega enquanto as temperaturas estavam aceitáveis. Compramos as viagens em Janeiro. Voámos pela Ryanair desde Manchester até ao aeroporto de Rygge (que entretanto fechou), numa sexta-feira à noite e regressámos na segunda à tarde. É um voo super rápido e tranquilo. 

 

Nada em Oslo é barato e o alojamento não podia ser diferente. Mas, como marcámos com 8 meses de antecedência, conseguimos um bom preço num hotel super moderno e central. Como chegávamos ao aeroporto às 23h e ainda tínhamos pelo menos 90min de viagem para o centro, achámos que valia a pena investir num hotel perto da estação central, onde chegam os autocarros e comboios dos aeroportos.

 

 

O nosso voo era o último do dia, os comboios já tinham fechado e por isso havia imensa gente a querer apanhar o autocarro para o centro da cidade. Só não havia era autocarros que chegassem... E agora, perguntam vocês? Resolveu-se bem, venderam os bilhetes para lugar sentado e enfiaram o resto do pessoal em pé no autocarro. Mas de graça! Nós fomos dos "sortudos" que não pagaram, mas também fomos dos que tiveram que ir de pé 90 minutos, por entre curvas e mais curvas, num autocarro apinhado quase até ao teto. Ora, eu enjoo a andar em todo o tipo de veículos que tenham mais de duas rodas por isso, apesar de ter adorado poupar os 30€ do bilhete, quase morria pelo caminho. 

 

Da estação ao hotel, ligamos o google maps (já não havia roaming no ano passado com a nossa operadora) e lá fomos a pé os 5 minutos que o Booking nos tinha prometido. Acabámos por chegar ao hotel por volta das 2h da manhã, mas ainda não era desta!

 

Ao chegar à recepção, informaram-nos de que o hotel estava cheio, mas que tinham um hotel parceiro 100 metros abaixo e que nos receberiam lá. Não se assustem, era um hotel de gama superior, ofereceram-nos pequeno-almoço para as duas noites (que não estava incluído na nossa reserva) e ainda uma Coca-Cola que pedimos na recepção porque estávamos a morrer de sede e quase a desfalecer depois da terrível viagem de autocarro. O hotel onde dormimos foi este

 

Ainda hoje nos lembramos deste início de fim-de-semana e só nos conseguimos rir com tanta sorte no meio do azar. Só vos posso dizer que dormimos como anjos. 

 

Continua ...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D