Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

27
Jun17

Flashtrip to Oslo - Parte 2

O nosso primeiro dia em Oslo foi ótimo e cheio de Sol. (Vejam os detalhes da viagem atribulada aqui!)

Começámos por visitar a casa da ópera (Oslo Opera House) onde podemos caminhar no telhado e sentirmo-nos miúdos outra vez, mesmo ali ao pé do mar. 

Depois fomos a pé pelo centro, sem grandes planos. Passámos a estação central, as ruas das lojas, o museu da história natural, o teatro nacional e o palácio real. Pelo caminho, encontrámos um mercado de artesanato, legumes, fruta e flores e alguns concertos de rua.

Os sábados de manhã em capitais europeias são sempre mais bonitos!

 

 

De frente para o palácio, atravessámos o parque e virámos à esquerda, em direção ao mar. Descemos as ruelas até encontrarmos o porto marítimo, um pequeno shopping (no estilo das galerias do Porto) e uma área de restauração com bancos, chafariz e muita gente a aproveitar o sol! Como sabíamos dos preços exurbitantes das refeições na Noruega, e da boa qualidade e oferta dos supermercados, optámos por fazer um almoço tardio em estilo de piquenique em Aker Brygge. Fomos a Coop, compramos comida para fazermos umas sandwiches, fruta e uns sumos naturais, e sentámo-nos com os locais a ver o mar, as pessoas e os barcos. 

 

Depois voltámos para o hotel por um novo caminho: visitámos o Nobel Peace Centre, o Forte de Akershus (e antiga prisão) e o jardim envolvente. Também passámos no Museu da Ocupação Nazi, mas não quisemos entrar. Como as pernas já doíam, descansámos até à hora do jantar, aproveitando o pôr-do-sol do terraço do hotel. Jantámos lá perto, numa pizzaria super gira, à luz das velas, para terminarmos um dia incrível ainda melhor. 

 

Dicas: 

- O centro de Oslo faz-se bem muito bem a pé, mas há autocarros e carro elétrico para os mais preguiçosos. 

- Preparem-se para gastar pelo menos 20€ por pessoa numa refeição modesta, por isso, se estiverem em poupança, procurar um estúdio/airbnb/aparthotel onde possam cozinhar pode ser uma boa opção. 

- A entrada no Nobel Peace Centre é paga (apenas se pode visitar a loja e a exposição da entrada de graça) e, sinceramente, não se vi nada de especial. 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D