Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

11
Jun17

Rota do Român(t)ico

Decidi começar a rubrica de viagens com uma pérola escondida do nosso país porque nem só lá fora há maravilhas. 

 

 

 

No primeiro fim-de-semana de Abril passamos 2 noites no Douro Palace Hotel Resort & Spa, em Santa Cruz do Douro, Baião. Usufruímos de um pacote romântico que incluía um miminho no quarto com chocolates de vinho do porto, fruta, espumante e um lindo ramo de rosas, 2 jantares à descrição assinados pelo chef Hélio Loureiro no Restaurante Eça, e duas massagem de 20 minutos por pessoa, que optamos por juntar em apenas uma mas de 40 minutos. Para além disso, também aproveitamos outro pacote do Spa e fizemos uma massagem a dois maravilhosa e um banho de hidromassagem de leite e mel. (Não tirámos fotos à comida nem ao Spa porque estávamos muito ocupados a aproveitar! Desculpem!)

 

Miminhos à parte, o hotel é divinal. Os quartos têm uma vista magnífica do rio Douro e das vinhas e uma varanda bem privada onde podemos aproveitar a paisagem sem nos sentirmos observados pelos vizinhos. Nós fomos em época baixa, por isso a piscina e os bares exteriores estavam fechados, por isso no Verão tem ainda mais condições (embora talvez menos sossego?). 

Para além de todas as comodidades do hotel, Baião está no centro da Rota do Românico e por isso rodeado de trilhos pela natureza que podem ser feitos a pé ou de bicicleta para os mais corajosos. Para amantes literários, a Fundação Eça de Queiroz é a 10 minutos de carro e tem um restaurante com gastronomia queirosiana, uma vista espetacular e um menu muito engraçado a imitar o passaporte da mesma era - Restaurante de Tormes. A comida não é brilhante, mas vale pela experiência. 

 

Encantem-se com o sítio. Afinal, o Douro Vinhateiro nunca desaponta. 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D