Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

E terminou mais uma aventura

08.04.18, Eu e a Outra

Já estou de regresso a Inglaterra e, conforme prometido aqui, deixo-vos a descrição dos meus últimos trinta dias.

 

Estive no interior de São Paulo, numa cidade chamada Jaboticabal. Estive em trabalho, ocupada todos os dias, incluindo fins-de-semana, feriados, aniversário do irmão, avô, marido, da mãe e casamento. (não é exagero, tudo isto aconteceu este mês). Como tal, não deu para conhecer nada para lá desta cidade(zinha) de 70,000 habitantes.

 

No entanto, deu para ter uma visão do dia-a-dia do brasileiro fora do contexto turístico. Deu também para perceber as diferenças de cultura e gastronomia entre o norte e o sul, a costa e o interior.

 

Acima de tudo, deu para perceber que as maiores coisas que os brasileiros têm em comum é a devoção e o gosto pelo barulho (alto, conforme desabafei aqui).

 

Fiquei também escandalizada com as notícias do telejornal, o nível absurdo de corrupção, escândalo político e roubalheira à força toda que se tem passado por aqui, com a diferença de preços de um restaurante comum para um restaurante (mais ou menos) diferenciado. Por exemplo, fui a uma pizzaria com preços semelhantes aos de um bom restaurante italiano em Inglaterra, sendo que o ordenado médio de um trabalhador aqui é de 1000 reais (+/-245 Euros). (é a lei da oferta e da procura, dizem os entendidos).