Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Quando as necessidades básicas mudam

08.06.18, Eu e a Outra

A primeira coisa que se vê à saído aeroporto em Nairobi são três lojas de operadoras de telecomunicações - aka vendendores de cartões sim com pacotes de internet, chamadas, e tudo o mais.

 

 

A verdade é que a primeira coisa que fiz quando passei a alfândega foi comprar um cartão com 6Gb* internet para o telemóvel - antes de encontrar o taxista que me esperava, antes de beber água, antes de fazer xixi. E o que também é verdade é que mal o cartão foi ativado e eu consegui enviar uma mensagem para casa e receber uma resposta, tudo se tornou mais bonito. 

 

Podem dizer que tenho as prioridades trocadas e que a minha geração está dependente da internet e um monte de outras coisas. Não interessa. O que interessa é que são as mensagens e as chamadas whatsapp, as stories no instagram e a capacidade de receber emails e de aproveitar tempos mortos para trabalhar à distância, que me fazem aguentar a distância, a saudade e todas as peripécias que se vivem quando estamos fora do nosso conforto.

 

Os nossos avós emigrantes passavam meses sem falar para casa e só o faziam por carta. Era uma triste realidade. Nós, felizmente, não temos necessidade disso portanto não vejo razão para sofrer. 

 

 

*Pode parecer exagero, mas não há wireless onde estou por isso o telefone serve também de hotspot quando preciso de receber ou enviar ficheiros pelo computador.