Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

19
Jun18

Apresento-vos a praia

Olá caríssimos.

Hoje trago-vos as vistas de Diani Beach, no sul do Quénia. Banhado pelo Oceano Índico, é uma zona tranquila. Tem vários hotéis, resorts, aparthotéis e uma praia linda de morrer, especialmente quando a maré está vaza.

 

Podem chegar cá vindos de Nairobi de carro (12 horas – não façam isso às vossas vidas) ou de avião. Há várias ligações diárias para um pequeno aeródromo (Ukunda). Também podem vir de Mombasa de carro (1h45), de comboio, ou de avião.

 

 

 

 

A praia termina na foz do Rio Kongo. De lá, podem ver o pôr-do-sol sentados num cordão de areia que separa os dois lençóis de água. Vi pessoas a levarem uma mala térmica com bebidas e uma toalha grande e a passarem assim o fim da tarde em sossego máximo a ver a beleza que o planeta nos oferece todos os dias.

 

 

 

As desvantagens deste lugar são as desvantagens de qualquer sítio em África. É preciso regatear tudo, as praias mais concorridas têm vários “beach boys”. (São rapazes locais que metem conversa, contam a história da terra e vendem cocos e pedem dinheiro. Podem ser muito chatos.) É preciso repelente de mosquitos forte, especialmente para a partir das 5h da tarde. A zona local (que é fora da linha da praia) é feia, com as barracas lojas típicas, lixo e barulho.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D