Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Eu e a Outra

Coisas maravilhosas, coisas assustadoras, viagens exóticas, dia-a-dia monótono, bichinhos tropicais e muito amor. Ponham-se confortáveis que vamos começar.

Dia 30, ansiedade e um calendário cheio

24.01.19, Eu e a Outra

Não sei se são todos os cérebros ou só alguns, mas o meu funciona assim: quando não estou muito ocupada, ele desvia-se e vai pensar no que não interessa, planear o que não pode ser planeado, ponderar o futuro incerto.

 

Às vezes, levo isto ao extremo. Por exemplo, uma vez pratiquei na minha cabeça o discurso de despedida do meu antigo local de trabalho. E vocês perguntam:  "então mas e depois fizeste-o?" Claro que não. Agradeci o discurso do chefe e fui trabalhar que se fazia tarde. Portanto, estas coisas só servem para ocupar tempo, memória e gastar sinapses desnecessárias.

 

No início da semana passada, andava doida a olhar para o calendário, a contar os dias, a sofrer por antecipação porque dia 30/01 vou receber uma notícia importante. Depois de uns dias de desalento,  decidi optar pelo caminho mais fácil e que funciona melhor para mim: manter-me muito ocupada. Fiz questão de organizar o meu calendário para ter os dias bem cheios até ao fim do mês. O melhor de tudo é que quando estou muito ocupada, os tempos livres são melhor aproveitados. Quando chego a casa tenho necessidade de desligar, de meditar, de me dedicar aos meus hobbies, em vez de pensar no futuro, no passado, ou em tudo ao mesmo tempo.

 

Será que estou a tapar o sol com uma peneira? Não sei, mas para mim tem funcionado e é isso que me interessa.

 

E vocês, têm algum truque ou são tão tranquilos que nem sabem o que é ansiedade?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.